Coordenação do Projeto: Professora Dra. Rejane Frozza

Apresentação


Este é um Ambiente Computacional que dispões de um Agente Pedagógico baseado em Estilos de Aprendizagem, a fim de auxiliar os usuários na construção de seu próprio conhecimento e proporcionar um processo de interação mais natural por meio do Agente Dóris.


Histórico


O Ambiente Virtual de Aprendizagem Inteligente (AVAi) foi desenvolvido pelo grupo de pesquisa composto por professores e estudantes do Departamento de Computação e do Programa de Pós-Graduação em Sistemas e Processos Industriais da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) e vem ao longo dos anos recebendo melhorias constantemente desde seus primeiros trabalhos, iniciados em 2001, até o presente momento.

O projeto do agente inteligente iniciou com o agente Dóris em 2000. Dóris é um agente pedagógico tutor que tem a função de guiar o usuário dentro do ambiente virtual a fim de auxiliá-lo no processo de aprendizagem.

Neste ano foram propostos modelos de apresentação de conteúdos para os diferentes Estilos de Aprendizagem, buscando melhorar as experiências de utilização do usuário no AVA e viabilizando a sua formação de conhecimento

Atualmente o agente está utilizando recursos computacionais de inteligência artificial disponibilizados pela IBM através de seu projeto Watson.

Hoje, em sua última versão, a Dóris consegue esclarecer algumas dúvidas, informar sobre eventos que ocorrem na página do ambiente e executar alguns comandos de navegação por voz ou interagindo através de um chat.

Para potencializar o processo de aprendizagem, o AVAi permite customizar o conteúdo aos Estilos de Aprendizagem dos usuários, seguindo o modelo proposto por Felder e Silvermann (1988).

Isso significa que o ambiente é capaz de apresentar informações e recursos do sistema de acordo com as preferências conforme os Estilos de Aprendizagem identificados.

A atual versão do ambiente é compatível com os diferentes dispositivos computacionais disponíveis, como por exemplo, computadores, notebooks, tablets e smartphones, ajustando seu conteúdo automaticamente, de forma responsiva, permitindo a utilização do ambiente independente do dispositivo, mantendo seus recursos computacionais.